Notícias
«« voltar Rodovias || Publicado em: terça-feira, 4 de maio de 2021
Avança processo de federalização de rodovias no Tocantins, afirma Tarcísio de Freitas

Após o bem-sucedido leilão promovido em 29 de abril para a concessão da BR-153/080/414/TO/GO pelos próximos 35 anos, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, adiantou que o processo de federalização das TOs-020 e 150, que passarão a ser novamente BR-010, está na reta final.

A declaração ocorreu durante reunião com representantes da bancada de Goiás e de Tocantins no Congresso Nacional e de integrantes do Executivo tocantinense. "Assumindo essa rodovia, vamos ter condições de fazer a manutenção da chegada e da saída de Palmas [capital do estado]”, ressaltou.

Também está em processo de federalização a TO-335, que sai do nordeste do Mato Grosso, levando a carga produzida na região de Colinas para o terminal da Ferrovia Norte e Sul em Palmirante. "Então, tem muita coisa para a gente fazer em Tocantins, um estado que merece nossa atenção, com o apoio da bancada federal, que não tem nos faltado”, disse o ministro.

Outra obra importante é a construção, na BR-153, da ponte entre Xambioá (TO) e São Geraldo do Araguaia (PA). Ao todo, serão R$ 132 milhões de investimentos federais na execução do projeto.

FERROVIAS – Durante o encontro, Tarcísio informou que o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da BR-235 está quase concluído, o que vai possibilitar a execução do projeto de engenharia e acelerar o estabelecimento de um corredor para o escoamento de produção até a Ferrovia Norte e Sul.

No mesmo sentido, o Ministério da Infraestrutura tem trabalhado para que a Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL) chegue o mais rápido possível a Figueirópolis. "Estamos animados com isso, pois já fizemos a concessão do primeiro trecho de concessão da Fiol, até Ilhéus (BA), que vai consolidar um grande corredor dessa ferroviária.

LEILÃO – Em 29 de abril, o Ministério da Infraestrutura, através da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), concedeu à iniciativa privada a BR-153/080/414/TO/GO, garantindo investimentos de R$ 14 bilhões pelas próximas três décadas. Com oferta vencedora, R$ 960 milhões chegam adiantados à conta vinculada da concessão.

"A gente consegue trazer a duplicação do trecho Tocantins todo para o primeiro ciclo de investimento, com redução de tarifa, o que é mais importante. Isso demonstra o acerto da modelagem que foi adotada”, destacou. O valor final do pedágio, por quilômetro, ficou em R$ 0,10218, após desconto máximo na tarifa de 16,25%.

Fonte: Ministério da Infraestrutura
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins