Notícias
« voltar Mercedes-Benz || Publicado em: quinta-feira, 23 de abril de 2020
Mercedes-Benz e Sindicato dos Metalúrgicos do ABC chegam a acordo para fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Diante do atual cenário de pandemia do Coronavírus, a Mercedes-Benz do Brasil tem atuado em duas principais frentes: garantir um ambiente de trabalho saudável e seguro para seus colaboradores, conforme as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e assegurar a saúde financeira da Empresa, ajustando seus volumes de produção à atual realidade do mercado.

Com base nessas importantes premissas, de sobrevivência dos profissionais e de nossos negócios, após negociação entre a Mercedes-Benz e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, foi aprovado em votação online, no dia 18/4/2020, um novo acordo para os mais de 8 mil profissionais da unidade de São Bernardo do Campo (SP).

Principais medidas acordadas a partir de 4/5, quando as atividades presenciais passam a ser retomadas gradualmente:

  • Redução de jornada de trabalho de 25%, no período de 4/5 a 31/7/2020, para todos os administrativos que não estejam ligados à produção, com a consequente redução salarial conforme patamar de salário dos empregados. Todos os funcionários administrativos que puderem desenvolver atividades à distância seguirão trabalhando em home office, atendendo as recomendações da OMS.
  • Suspensão temporária de contratos de trabalho de cerca de 50% dos colaboradores ligados diretamente à produção entre 4/5 e 30/6/2020. Ao término, será concedido um segundo período de suspensão temporária do contrato de trabalho, de 1/7 a 31/8/2020, para os outros 50% dos colaboradores ligados à produção. A consequente redução nos salários também seguirá o patamar salarial dos empregados.

Com este acordo, a Mercedes-Benz também vai garantir estabilidade de emprego até 31 de dezembro de 2020 para os profissionais da planta de São Bernardo do Campo.

Dessa maneira, a Empresa mantém o seu compromisso de evitar demissões, além de assegurar a sustentabilidade do seu negócio no mercado brasileiro. São alternativas viáveis e que trazem mais tranquilidade a todos durante esse período extremamente desafiador.

Para as demais plantas de Campinas e Iracemápolis (SP) e Juiz de Fora (MG), as negociações seguem em andamento.

Fonte: Blog do Caminhoneiro
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins