Notícias
« voltar Preço dos combustíveis || Publicado em: quarta-feira, 8 de janeiro de 2020
Governo estuda compensação para segurar preços dos combustíveis

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ontem (6), o Governo federal estuda formas de compensar uma eventual alta no preço dos combustíveis. A medida tem como objetivo uma prevenção caso a crise envolvendo Estados Unidos e Irã impacte com mais força o preço internacional do petróleo. O próprio presidente, Jair Bolsonaro, disse acreditar em uma estabilização do preço em breve.

"Temos que criar, talvez, mecanismos compensatórios que compensem esse aumento sem alterar o equilíbrio econômico do país. Que isso não gere inflação. Entretanto, também não frustre expectativa de receitas”, adiantou o ministro em coletiva de imprensa. Além do ministro, participaram da coletiva o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e o diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Décio Odone.

Segundo Albuquerque a possibilidade do Governo instituir algum tipo de subsídio para segurar alta do combustível é quase nula.  Anteriormente, a medida foi praticada em 2018, no governo de Michel Temer, frente ao aumento no preço do óleo diesel. Na ocasião, o Governo era pressionado pela greve dos caminhoneiros.

"Não sei se será feito com impostos [subsídios], certamente não vamos procurar esse caminho dos impostos para não onerar mais ainda. No entanto, se há maior receita, talvez possa haver uma compensação em cima disso e esse é um dos instrumentos que estão sendo analisados”, disse.

Fonte: Frota & Cia
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins