Notícias
« voltar Café || Publicado em: quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Conab estima queda de 20% na safra de café

De acordo com a estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a produção de café pode ter queda de 20% em 2019. Segundo os dados divulgados ontem, a produção no ano deve totalizar 48,99 milhões de sacas.

Os números representam bienalidade negativa do tipo arábica, que significa uma variação negativa após uma produção alta. A produção de café arábica foi projetada em 34,47 milhões de sacas, recuo de 27,4% na comparação anual. Por outro lado, a safra robusta deve somar 14,52 milhões de sacas, alta de 2,5% frente ao ano anterior.Confira todas as noticias do Transporte agrícola em nossa página especial

Segundo comunicado da Conab, a queda refletem nas exportações.”Os baixos números da saf

ra tiveram reflexo inclusive nas exportações brasileiras, que também retraíram. Em agosto, atingiram cerca de 3,2 milhões de sacas de 60 kg. Assim, representando uma redução de 9,5% em relação ao mesmo período no ano passado”.

A safra foi "influenciada pela bienalidade negativa e afetada pelas más condições climáticas”, avaliou a Conab. Além disso, a Companhia destaca que o clima atingiu de forma mais intensa o arábica, com altas temperaturas nos cafezais e falta de chuvas no ciclo vegetativo, período importante de desenvolvimento da cultura.

Já a área de produção deve cair 2,8% na comparação anual, para 1,8 milhão de hectares. "O estudo atribui este fato também à bienalidade negativa. Já que os produtores aproveitam este período para realizar tratos culturais nas lavouras e, desta forma, reduzem a área em produção”.

Em Minas Gerais, principal estado produtor, a safra será de 24,52 milhões de sacas, com redução de 26,5% na comparação anual.

Fonte: Frota & Cia
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins