Notícias
« voltar Privatizações || Publicado em: terça-feira, 11 de junho de 2019
Cade e Petrobras devem fechar acordo para venda de refinarias

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e a Petrobras devem fechar ainda nesta quarta-feira (12) um acordo que prevê a venda de refinarias da estatal. Segundo fontes, o órgão deve aceitar os termos propostos pela Petrobras, que representam a venda de quase 50% da capacidade de refino.

De acordo com o Estadão/Broadcast na semana passada, a Petrobras apresentou a proposta de vender refinarias com a intenção de fechar um acordo com o conselho e encerrar investigações do Cade. A suspeita é que a estatal, que tem 98% desse mercado, tire proveito da situação de monopólio pata determinar os preços dos combustíveis no País.

Além disso, o acordo a ser analisado pelo tribunal do Cade deve homologar o entendimento sobre a venda. Como é do interesse do governo vender ativos da estatal, o ministro de Minas e Energias, Bento Albuquerque, participará da sessão.

O conselho de administração da Petrobras, no fim de abril, aprovou um plano de venda de oito de suas 13 refinarias, que representaria cerca de 48% da capacidade de refino. No entanto, segundo fontes, o acordo com o órgão ficará "bem próximo” do plano.

Os ativos aprovados para a venda são Refinaria Abreu e Lima (Rnest), Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), Refinaria Landulpho Alves (Rlam), Refinaria Gabriel Passos (Regap), Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), Refinaria Isaac Sabbá (Reman) e Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor).

Um segundo acordo também está sendo negociado entre a Petrobras e o Cade para venda de ativos no mercado de gás, mas as conversas ainda são incipientes.

Fonte: Correio do Povo
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins