Notícias
« voltar Transporte sustentável || Publicado em: terça-feira, 14 de maio de 2019
CNT/SEST SENAT e Portugal: transporte sustentável em debate

Portugal se aproxima mais do Brasil para promover o transporte sustentável, especialmente com foco na redução das emissões e no incentivo aos veículos elétricos. No dia 9 de maio foi realizado o seminário "Transportes, Mobilidade Urbana e Descarbonização das Cidades”, na Embaixada de Portugal, em Brasília.

A CNT e o SEST SENAT apresentaram o Despoluir. O Programa Ambiental do Transporte existe há 12 anos e já atendeu mais de 23 mil empresas e mais de 26 mil caminhoneiros autônomos no projeto denominado avaliação veicular ambiental. Foi feita uma demonstração de aferição de um veículo a diesel da Embaixada, que recebeu o selo de aprovação. Também estiveram expostos na Embaixada ônibus 100% elétricos e veículos de passeio.

No final da tarde, o vice-ministro adjunto e da Mobilidade de Portugal, José Gomes Mendes, e o embaixador de Portugal, Jorge Cabral, estiveram na sede da CNT, em uma visita ao presidente Vander Costa. Eles debateram a possibilidade de a Confederação participar da Aliança Global para a Descarbonização dos Transportes (TDA, na sigla em inglês). Essa aliança é uma colaboração global lançada em 2018 que reúne países, cidades e empresas para impulsionar a mobilidade sustentável de baixo carbono. O objetivo principal da TDA é garantir que todos os entes do setor de transporte contribuam para cumprir com os objetivos do Acordo de Paris. Isso envolve empresas, cidades, legisladores, gestores.

Mendes afirmou que o parlamento português aprovou a decisão de reconhecer o transporte como um bem essencial. Com isso, aumenta a responsabilidade do poder público sobre a sustentabilidade nesse setor. "Temos um grande desafio mundial: sermos capazes de descarbonizar, de reduzir as emissões do setor transportador”.

O vice-ministro destacou que Portugal está à frente da venda de veículos elétricos na Europa. O país implementa diversas medidas de incentivo à aquisição, como um bônus em euros para os consumidores e empresas e também a redução de impostos. Segundo ele, há uma grande preocupação para cumprir os objetivos da agenda da ONU 2030 em relação à diminuição das emissões dos gases de efeito estufa.

Iniciativa privada

Durante o seminário em Brasília, um dos pontos dos debates, dos quais fizeram parte representantes do setor automotivo, foi a importância de a iniciativa privada participar dessas medidas pelo transporte mais limpo. O presidente da CNT, Vander Costa, afirmou, na Embaixada de Portugal, que a CNT e o SEST SENAT têm desenvolvido um sério trabalho para priorizar ações que promovam o transporte sustentável.

"Nosso programa ambiental, o Despoluir, está rompendo fronteiras e atraindo o interesse de outros países. Isso é muito importante. Queremos fazer um transporte de pessoas e de produtos com qualidade e com o menor impacto ambiental possível”, afirmou Vander Costa.

O Despoluir foi apresentado pelo diretor-executivo da CNT, Bruno Batista, que destacou as mais de 2,5 milhões de avaliações veiculares ambientais, de caminhões e ônibus, com cerca de 85% de aprovação. "O Despoluir é uma demonstração clara do otimismo dos transportadores sobre o futuro sustentável do transporte. Agimos de forma proativa no setor para mitigar os problemas de emissão. Preparamos os transportadores para as novas tecnologias ambientalmente corretas. Não ficamos apenas esperando por ações governamentais”, disse Batista.

O diretor-executivo da CNT ressaltou também que o momento atual é de transformação. "Está havendo uma maior consciência sobre a questão ambiental. A sociedade já discute as ações sustentáveis também como negócios, além da possibilidade de melhoria das condições humanas. O transporte abraçou essa ideia.”

Também participaram do seminário na Embaixada de Portugal, representantes do CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produtos), da ABVE (Associação Brasileira dos Veículos Elétricos), da Eletrobras, da Renault, da Nissan, entre outras entidades envolvidas com o transporte sustentável.

Fonte: CNT/SEST-SENAT/FETCESPCNT/SEST-SENAT/FETCESP
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins