Notícias
« voltar Insegurança no trasporte || Publicado em: terça-feira, 6 de março de 2018
CNT quer discutir insegurança no transporte com novo ministro
Entidade quer revelar as preocupações do setor em relação ao tema

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) revelou que quer se reunir com o novo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para expor a situação de insegurança que ronda o setor de transportes no Brasil.

A entidade enviou um documento ao governo federal, apresentando dados da violência nos últimos anos e solicitou agendamento de audiência, para sugerir ações políticas para uma solução do problema.

O dossiê revela que o país atingiu a marca de 2.165 ônibus incendiados entre os anos de 2004 e 2018, de acordo com a NTU (Associação Nacional das Empresas dos Transportes Urbanos). Além disso, foram registrados 24.563 roubos de cargas em 2016, segundo a NTC&Logística, representando prejuízos estimados em R$ 1,3 bilhão. O número de ocorrências mostrou uma evolução de 27,5% em relação a 2015.

Fonte: Frota & Cia
SITE PRODUZIDO POR WORLD DESIGNER
Detrans do Brasil
Acre AlagoasAmapáAmazonasBahiaCearáDistrito FederalEspírito SantoGoiásMaranhão Mato GrossoMato Grosso do SulMinas GeraisParáParaíbaParanáPernambucoPiauíRio de JaneiroRio Grande do NorteRio Grande do SulRondôniaRoraimaSanta CatarinaSão PauloSergipeTocantins